Como fazer uma nota de venda com diferimento de ICMS (CST 51)?

O Diferimento do ICMS é uma técnica de tributação que adia o pagamento de uma parcela do imposto devido na operação para uma etapa posterior. O diferimento pode ser parcial ou total.
Exemplo do cálculo do ICMS de uma operação com diferimento parcial:
Valor da Mercadoria
R$ 1.000,00
Alíquota do ICMS
18%
Valor do ICMS da operação  R$ 180,00 (18% de R$ 1.000,00)
Percentual do ICMS diferido
41%
Valor do ICMS diferido
R$ 73,80 ( 41% de R$ 180,00)
Valor do ICMS devido
R$ 106,20 (R$ 180,00 – R$ 73,80)
O valor do ICMS da operação é R$ 180,00, mas a legislação permite o diferimento parcial de 41% deste valor, sendo devido o ICMS no valor de R$ 106,20, que corresponde à diferença do ICMS da operação (R$ 180,00) e a parcela do ICMS diferido (R$ 73,80).

Passo a passo:

Cadastro do NCM

  1. Acesse Cadastros > Configurações Fiscais > NCM.
  2. Edite o NCM e clique na aba Valores Padrões – Faturamento:
  3. Clique aba ICMS, preencha o campo % Diferimento.

Faturamento

  1. Acesse Lançamentos > Vendas > Faturamento.
  2. No item do produto, aba ICMS, quando aplicado o CST 51 – Diferimento, será carregado automaticamente o percentual de diferimento conforme configurado no NCM. Serão atualizados:
    • Valor do ICMS diferido – valor do ICMS a ser pago posteriormente;
    • ICMS da operação – valor integral do ICMS devido pela operação;
    • ICMS – valor do ICMS que será recolhido pela emissão da nota, calculado pela diferença entre o ICMS da operação e o Valor do ICMS diferido.
  3. Na aba Totais de Produtos e Serviços, o ICMS destacado corresponde ao que será recolhido pela emissão da nota.